Médicos sem Fronteiras!

Médicos sem Fronteiras!
Médicos sem Fronteiras! Doe 30 reais por mês...

Canal do Gaaia no youtube!

Loading...

domingo, 20 de agosto de 2017

Critica, sugestão e observação...











A observação de aves é uma atividade que, se desenvolvida de forma adequada, pode gerar benefícios significativos para a cidade ou região, além de ser importante instrumento de sensibilização da população local para as questões ambientais. Atualmente, os observadores de aves, também chamados de birders ou birdwatchers, tornaram-se o maior grupo de observadores de vida silvestre do planeta e o que mais cresce nesse setor. Somente na Inglaterra, estima-se que haja mais de um milhão de observadores de aves, mercado organizadamente controlado por agências baseadas em Londres especializadas em oferecer produtos para esse público.


Quando uma localidade opta por desenvolver o turismo como atividade econômica, está tanto se propondo a capitalizar divisas quanto somando responsabilidades em relação à conservação do ambiente e da manutenção da qualidade de vida de sua população; como alternativa de lazer ou de tempo livre, o turismo deixa de ser apenas uma ‘atividade’ para ser um ‘espaço’ qualitativamente diferente e superior, que pode proporcionar novas informações aos sistemas social e cultural e promover novas atitudes em relação ao ambiente onde se desenvolve.







Estruturalmente, o turismo no Morro Botucaraí pode ser visto como um sistema composto por conjuntos que se inter-relacionam: conjunto das relações ambientais (social, cultural, econômico e ecológico), temos uma riqueza que muitos queriam, e não damos valor.


O planejamento do espaço turístico do Botucaraí permite com um baixo investimento,uma melhora considerável na imagem do turismo de nossa Cidade, onde turristas se deslocam de Cidades como Imigrante, Santa Maria,Santa Cruz,Salto,Sobradinho, Porto Alegre,Minas,Alemanha etc... Achando que encontrariam no Morro Isolado mais alto do Estado o minimo de infraestrutura, isso eu presencio direto e isso certamente propicia uma imagem desfavorável para Candelária.







O que o turrista pede na Trilha:


* Mais segurança; com corrimão em local muito ingrime.

Do meio da trilha em diante, poderia ser colocado uma espia fixada no meio da trilha para dar segurança de quem desce e quem sobe, fixada não nas arvores mas em tubos de ferros concretados, simples mas eficaz.


*Trilha mal conservada.

De um total de 620 de trilha até o topo, uns 300 metros poderiam ser calçados com bloquetes, fazendo uma trilha de 300 m por 1,50 m gira em torno de 10 mil, o inicio da trilha é bem criticado, pode ser feito escada com os bloquetes,resolveria os tombos acorridos.







*Faltam placas contando a História do Monge


Todos que vem perguntam sobre a História de João Maria de Agostini,deveria ter um mural informativo sobre ele e informações sobre o Morro,como também um informativo sobre os outros pontos turísticos do município e mapa da Cidade.




*Falta pelo menos um quiosque simples


Falta pelo menos um quiosque com churrasqueiras e banheiros, simples, rustico só para evitar o constrangimento das mulheres de ter que fazer suas necessidades no mato.



Voltando a falar das aves:



Uma das muitas, e das mais belas aves que sempre é avistado na trilha do Botucaraí é o surucuá, seu número aumenta em locais que tem Bromélias e águas corrente, provavelmente são locais de refúgio e reprodução de anfíbios;seu petisco favorito.


Nos primeiros meses do verão, é difícil não vê-los e escutá-los, seu canto é próprio e parecido com latido de cão, você escuta duas melodias, uma contínua por algum tempo e outra curta, mas é só no período de acasalamento, depois o Surucuá volta a ser uma ave silenciosa na mata.


Avisto sempre:


Toda vez que vou recolher o lixo das lixeiras da trilha, sempre avisto ou ouço belas aves algumas imagens abaixo mostram o grande potencial do Morro, como local de observação.

A criação de outra trilha que circularia um pouco a parte oeste, onde já existe uma estrada antiga, que nos anos 70 era usada na extração de toras que hoje seriam centenárias, hoje fazem falta para a história da flora da Montanha.Está nova trilha seria para quem quer fazer a caminhada matinal,é um local plano e dentro da mata.


Veja apenas 12 das cerca de 200 espécies que por ali gorjeiam:


 
alma de gato



Arapaçu escamoso



Saíra viúva


Caburé

Tucano do bico verde


Sabia cica


Saíra sapucaí


Choca da mata


Sanhaço Cinzento


Tovaca Campainha

Borboletinha do Mato



Pariri