Médicos sem Fronteiras!

Médicos sem Fronteiras!
Médicos sem Fronteiras! Doe 30 reais por mês...

Canal do Gaaia no youtube!

Loading...

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Entrevista da Triângulo com Pedro Régis.


Mensagem de nossa Senha para Candelária - RS.
Sobre as previsões de Pedro Regis, não podemos menosprezam a fé de cada um e principalmente a religião ou crença de cada individuo, muitos criticam, mas com isso fere a liberdade  de pensamento de cada um.

Tele Domingo do dia 11/12/2011. Veja neste link!



Cada pessoa deve filtrar notícias, tirando suas próprias conclusões; já faz alguns anos onde vi pela primeira vez os vídeos postados  no youtube por (joseclovis em 13/03/2008) sobre Pedro Régis , depois da reportagem no tele domingo do dia 11/12/2011, onde neste dia também em Porto Alegre ele fez uma palestra, podendo ser um dos motivos da reportagem; com isso viram que algumas cidades  do Rio Grande do Sul foram citadas, foi ai que iniciou o pânico geral.
Candelarienses reclamavam a não divulgação de mais informações sobre o assunto resolvemos colocar no blog informações sobre o Pedro Regis, a mensagem e seus vídeos no youtube já que até o dia 13/12/2011 não está disponível a reportagem do dia 11/12/2011.
Mas para quem tinha a esperança de que nas mensagens de Pedro Regis, defini-se data e hora para algum o acontecimento; se frustra ao ler a mensagem,  todas as mensagens falam de modo subjetivo onde fica de livre  interpretação, deixando cada pessoa fazer conforme sua fé,a sua própria interpretação.


Entrevista com Pedro Régis para a Triângulo de Candelária (104,3).

 
Mas o que temos de aprender com este acontecimento marcante para nossa cidade, é sempre ficarmos alerta, mesmo que alguns não acreditam em absolutamente em nada,enfim; não são os vídeos, as previsões, mas o risco real que iremos ter, somente quem mora as margens do Rio Pardo como nós candelarienses, isso nos assusta e queremos que não construam tais barragens; mas temos que conscientizar a população das cidades a onde serão construídas as barragens, para estas cidades não haverá nenhum risco de serem varridas do mapa, portanto será de difícil conscientização.
Marcelo Coimbra da Silva.