Médicos sem Fronteiras!

Médicos sem Fronteiras!
Médicos sem Fronteiras! Doe 30 reais por mês...

Canal do Gaaia no youtube!

Loading...

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

O Botucaraí

 O morro Botucaraí.

Imagens do Botucaraí  fotografadas pelo Gaaia também no link!
http://grupogaaiavideo.blogspot.com/2011/10/o-botucarai.html



Futuro Incerto
Uns dos primeiros trabalhos do Grupo de Apoio, Ações e Idéias Ambientais (GAAIA) foi fazer um estudo superficial na área do deslizamento de terra no Botucarai, vimos que o problema aconteceu a uns 18 anos atrás.Veja no link acima!
O Cerro  Botucaraí,
  




É considerado um dos morros isolados mais altos do Estado, com uma altitude de 569,63m em relação ao nível do mar. Sua história é muito bela e repleta de componentes místicos e de lendas. Desde épocas imemoráveis, era adorado pelos indígenas que em torno dele viviam.(conforme artefato encontrado) Os tupi-guaranis chamavam-no ybyty-caray, que, na sua linguagem, queria dizer Monte Santo. No fim da primeira metade do século anterior ao passado, viveu no local um eremita de nacionalidade italiana e de nome João Maria de Agostini. O monge ganhou fama de curar os enfermos, usando a força de sua fé, as virtudes milagrosas da flora existente no Botucaraí e da água que brota cristalina e pura na base do cerro.(Mas agora está impropria para o consumo humano) Marcas profundas foram deixadas na alma da gente simples que habitava a região, tanto que, até hoje, em cada Sexta-feira Santa, multidões buscam o morro para pagar suas promessas, subindo ao seu cume e bebendo água da fonte "santa".                    





 O Cerro Botucaraí é formado por dois tipos de rocha basalto e granito. Esse fenomeno aconteceu graças a erosão. No morro Botucaraí da para ver o basalto e o granito num morro só.
   












Cerro Botucaraí
 O município de Candelária fica na Depressão Central do Rio Grande do Sul, distante 196 quilômetros de Porto Alegre e a 100 quilômetros de Santa Maria. 
 


"A Mata Atlântica é uma das florestas  úmidas do mundo, estas florestas aparecem principalmente entre os trópicos, e regiões que chove acima de 1.800mm por ano, mais da metade destas florestas estão  no Brasil,entre a Amazônia e o pouco que restou do Pampa Gaúcho com seu capões,onde  aqui em Candelária facilmente percebemos os limites de cada bioma;o Bioma mata atlântica e o Pampa, onde pode se dizer que o Botucaraí é uma das últimas mata,que representa os limites do bioma mata atlântica aqui no limite sul"
Marcelo Coimbra da Silva - Coordenador do GAAIA.