Médicos sem Fronteiras!

Médicos sem Fronteiras!
Médicos sem Fronteiras! Doe 30 reais por mês...

Canal do Gaaia no youtube!

Loading...

domingo, 26 de setembro de 2010

A Fé na Sanidade Humana.


                                  A Fé na Sanidade Humana
      Eu passei toda minha infância, sempre em contato direto com a natureza, cresci assistindo filmes de Safáris na África, grandes desmatamentos pelo Brasil.
      Na época, tudo isso era normal, os Safáris estavam na moda, era uma corrida atrás do maior elefante,Leão ou Búfalo, o qual se tornaria um troféu na parede e para ele uma satisfação pessoal. Aqui no Brasil não era diferente, só era pouco divulgado na época, mostravam bastante o desbravamento das matas, como na época a transamazônica.
      Com o passar dos anos, tudo foi se transformando, a tecnologia andou a passos largos, mas alguns conceitos ficaram; mas alguns ainda arcaicos, não podendo deixar responsabilidades na mão dos estados, vai ser como dar uma faca para uma criança. Deixar os estados com a competência de conceder licenciamento ambiental, vai ser grande o aumento do desmatamento. Vão destruir os 47% da mata Atlântica restante aqui no Rio Grande do Sul. A mentalidade dos estados é produção a qualquer preço.
      Falo o que vejo no dia-a-dia aqui em Candelária e região;lavouras à beira de arroios, desmatamento de encostas, desmatam e empilham dentro da mata, local à onde os fiscais nunca chegam, pois certamente só passam nas estradas, deveriam fiscalizar nas propriedades. Se fossem procurar, achariam desmatamentos de mata ciliar e encostas de até 50 graus de declividade, mas realmente nem querem ver, ouvir ou quanto menos tomar alguma providência.
       A Sanidade Humana terá que prevalecer agora no senado, senadores, não será discursos de deputados aqui na região Sul que mudará o código florestal, pontos cruciais que não podem mudar, que colocaram milhares de espécies da Fauna e da Flora em risco. Pontos como: licenciamento feitos por os estados,mata ciliar com apenas 15 metros de largura. Um deputado ruralista falou na câmara no dia 29 de Junho, que ONGs como WWF, SOS MATA ATÂNTICA e outras seriam financiadas por este ou por aquele, e daí!
        Não me venha dizer que tentarmos proteger o nosso meio ambiente, é uma coisa irrelevante, passou aquele tempo de informação limitada à poucos, o jovem de hoje sabe a importância e o valor da natureza para nossas futuras gerações.
Marcelo/GAAIA Candelária-RS.